Sambou na Minha Cara - May e Karen



Letra:

Cheguei batendo na mesa
Fazendo barraco, quebrando o bar
Foi merecido!
Não tô acreditando nisso
“- Quem é essa daí, papai?”

Garçom, abaixa o som
Volume um
Que o bafafá vai começar
Pode todo mundo olhar
Tô nem aí, eu tô nervosa
Não me toque, “P” da vida
Isso é coisa de mulher traída

Você sambou na minha cara
Se é pra trair, traísse com uma melhor que eu
Merecia um tapa,
Copo de cerveja no meio da cara
Você tá pagando, ela faz amor de graça!

Vocês dois não valem nada!!!

Cheguei batendo na mesa
Fazendo barraco, quebrando o bar
Foi merecido!
Não tô acreditando nisso
“- Quem é essa daí, papai?”

Garçom, abaixa o som
Volume um
Que o bafafá vai começar
Pode todo mundo olhar
Tô nem aí, eu tô nervosa
Não me toque, “P” da vida
Isso é coisa de mulher traída

Você sambou na minha cara
Se é pra trair, traísse com uma melhor que eu
Merecia um tapa,
Copo de cerveja no meio da cara
Você tá pagando, ela faz amor de graça!

Vocês dois não valem nada!!!

Tangs: Sambou na Minha Cara - May e Karen letra da musica, letra Sambou na Minha Cara - May e Karen, baixar Sambou na Minha Cara - May e Karen